°C °C
Publicidade

Urussanga registrou apenas 231 nascimentos, em 2022

Última atualização do SUS, traz baixa natalidade no município

06/04/2024 às 17h29
Por: Mauro Paes Corrêa
Compartilhe:
Foto: Freepik
Foto: Freepik

     Em 2022, ano da última lista pública de nascimentos no Brasil, divulgado pelo sistema TabNet do Sul, demonstra que apenas 1% da população, é composta de recém-nascidos, contribuindo para a queda cada vez mais acentuada da natalidade, no município. Se o número de nascimentos persistir nesta média, a tendência é que a população decresça gradativamente, fenômeno que ocorre com frequência na Europa.

    A falta de incentivos por parte do Governo Federal, em manter os indicadores de nascidos vivos, trará consequências a longo prazo. O envelhecimento da população, e em especial para Urussanga, a saída contínua de jovens para o exterior, podem inviabilizar uma série de ações no segmento profissional, na cidade. Desde a falta de mão de obra para a ocupação de cargos, e até mesmo a dificuldade de encontrar profissionais para atuar em segmentos específicos, como na saúde. 

Continua após a publicidade
Anúncio

   Os relatórios atualizados, podem ser vistos no site http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sinasc/cnv/nvsc.def

Continua após a publicidade
Anúncio